FALTA DA VÍRGULA MATA BEBÊ

Resultado de imagem para a virgula

Enviado por Luiz Carlos Costa

Este Blogonoff ficou um tempinho fora do ar e vieram as reclamações. Melhor assim. Primeiro foi a ansiedade pelo Brasil na copa. Depois a tristeza – mas não a decepção como há 4 anos – pela derrota. Aí o laptop deu pau, os filhos menores vieram passar as férias, o trabalho aumentou, mas quem escreve diariamente sente falta quando não escreve. E aqui estamos nós, de volta, falando sobre o que estiver na ordem do dia, buscando a comunicação como foco deste “blog”, “on ou off” sempre que for possível, abordando o social, o esporte, a política, a economia e o que mais houver. O comentário de hoje é sobre a importância da vírgula na morte do bebê Henzo Matheus Pinto Elias. Ele chegou ao hospital de Santo Antônio do Içá, no Amazonas, com quadro de febre e vômito e morreu na tarde de domingo, após passar seis dias internado. Henzo foi atendido pelo médico da unidade e na receita assinada por ele, é recomendado o uso de dipirona e 25 miligramas de prometazina – medicamento usado para combater reações alérgicas. Depois que a medicação foi aplicada, o quadro clínico do bebê piorou e ele veio a óbito. O pai conta que foi chamado pelo médico, que corrigiu a receita de 25 miligramas para 2,5 miligramas do medicamento, uma dose 10 vezes menor. Faltou a vírgula, que matou o menino. Agora os médicos, além de melhorar a letra com que fazem suas receitas (os mais modernos já o fazem pela computador, terão que prestar mais atenção à virgula que pode matar.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s