LIÇÕES DE UMA COPA DO MUNDO

Enviado por Luiz Carlos Costa: O artigo foi escrito pelo Fernando Antonio Gonçalves, amigo no face, e pela clareza das ideias me permiti republicar aqui.

Resultado de imagem para time da croácia 2018Domingo, a Copa do Mundo 2018 será encerrada. E saberemos quem será o novo Campeão do Mundo. Torcerei pela Croácia. Seja qual for o resultado, a Croácia nos legou lições memoráveis: de valentia, de planejamento solidário, de desindividualismo, de não-hipocrisia e desfingimentos, de gestos nunca debochados. Todos deveremos extrair inúmeras lições dos croatas: técnicos, preparadores, jogadores, jornalistas, radialistas orgásmicos, transmissões ufanosas, torcedores alienados e estatisquismos cretinos, onde só se faltou mensurar a quantidade de tintura alourativa colocada nos cabelos de uns, os litros urinados por outros, as quedas em campo dos doloristas artistas e as entrevistas ufanosas dos que não conseguem perceber que o mundo futebolístico evoluiu, a era das escolhas fingidas se tornando coisas passadas, típicas dos conchavos entre dirigentes. E que o pior subdesenvolvimento é o mental. E, principalmente, que o futebol é uma prática eminentemente coletiva, tal e qual um batalhão de combatentes capacitados que são orientados por capitães por partida, escolhido pela demagogia cardiológica de quem não soube determinar com serenidade as ações táticas, não sabendo bem diferenciar o joio do trigo, liderança de faniquitismo. PS. E sempre aplaudindo o jornalista Ribas Neto, notável inteligência analítica.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s